quinta-feira, junho 07, 2007

Arroz Verde, Carne de Panela e Abóbora Assada

Para participar do evento da Akemi, "Comidinhas do dia-a-dia", posto aqui algo que faço muito (o arroz verde), algo que faço raramente (carne de panela) e algo que nunca havia feito (abóbora assada). Embora eu não goste muito de arroz, acho ele essencial com carne vermelha e gosto sempre de adicionar a ele algum legume, como cenoura ralada ou milho verde, ou então faço ele assim verdinho. Apesar de gostar muito de abóbora, nunca havia feito assada e ficou muito bom, ainda que eu tenha sido tímida no tempero com medo de ficar exagerado. Tomei como base uma receita do Jamie Oliver e outra da Valentina, ambas picantes. Foi um almoço bem simples e aconchegante.

Arroz verde: a diferença de preparo é somente na água de cozimento, que eu bato no liquidificador com um ramo inteiro de coentro (folhas e talos). Esse arroz combina muito bem com qualquer carne assada, principalmente com frango, e até quem não gosta de coentro se rende.
Para a carne eu uso bifes bem grossos de lagarto (1 kg) e tempero com 1 colher (sopa) de sal, 2 dentes de alho amassados, 1 cebola picada grosseiramente, pimenta-do-reino a gosto e 1/2 xícara de vinagre. Furo a carne e deixo no tempero por 2 horas na geladeira. Depois, frito a carne com um pouco de óleo na panela de pressão, cubro com água e fecho. Depois de chiar, conto 50 minutos. Nessa hora eu abro a panela, retiro o caldo para usar em outra receita (ou então faço um pirão, pra acompanhar) e deixo mais uns minutos na pressão pra carne ficar mais sequinha.
A abóbora que eu usei foi a abóbora-menina, aquela de pescoço, que lembra a butternut squash. Corte a abóbora no comprimento em 8 fatias e arrume-as numa assadeira com óleo ou azeite, sal e pimenta. Acrescente temperos e especiarias: eu usei orégano seco, alho em flocos, páprica doce e chili em pó. Só não usei coentro pois já tinha no arroz e na pressa esqueci de acrescentar 2 pimentas dedo-de-moça. Leve para assar em 200° por cerca de 30 minutos (eu deixei mais pois queria bem macia).

13 comentários:

Patricia Scarpin disse...

Luna, não conhecia este arroz verde, amiga. A Tina vai ficar doida por ele, a danada adora um coentro... :)

As abóboras parecem tão gostosas, me deu até fome, amiga!

Akemi disse...

Luna, querida, muito obrigada por participar do evento! Nossa, eu adorei esse arroz verde, que saboroso deve ser! E essa carne assada também não fica atrás! Vou experimentar na primeira oportunidade, amiga! Beijos! ;-)

Cinara disse...

Lu, eu também acho que toda carne pede um arrozinho esperto... ;o) Só não participei do evento da Akemi ainda porque não cozinho nada comum aqui em casa! Nós almoçamos fora, e à noite quase sempre comemos lanche ou comida americana... Então eu fico babando na comidinha caseira de vocês! :o) Beijos, amiga!

Joaninha disse...

Luna, adorei o arroz verde, excelente dica para quem como eu adora arroz. Normalmente acrescento os legumes ou ervas aromáticas inteiros(as) mas assim fica muito bonito e é super fácil de fazer. Carne de Lagarto??? Nunca ouvi falar...
Bjs

Cláudia A. disse...

Luna, que combinação perfeita, menina!! Esse prato é uma perdição.

lunalestrie disse...

Patricia, esse arroz é a minha cara, faço ele demais, mas sei que coentro é problemático pra quem não é nordestino, rs.

Akemi, depois vou experimentar a sua e a da Lica, que pareceram bem mais suculentas - o lagarto é uma carne mais seca. :)

Cinara, eu também almoço muitas vezes fora, mas não aguento todo dia não, eu enjôo fácil almoço de restaurante, aquele tempero "burocrático"... Eu queria poder me organizar para comer o máximo possível em casa, quem sabe um dia eu consigo... :)

Joaninha, na receita original, usa-se salsa ou coentro com cebolinha bem picadas, mas acho um saco picar coentro, acho mais simples misturar com a água, e o verde fica mais forte assim.
Lagarto é um corte do boi, fica no traseiro, é uma carne de primeira, porém dura, muito usada inteira, com recheio.

Cláudia A., combinou bem mesmo, mas num dia comum, ao invés da abóbora seriam batatas assadas, que eu amo! :)

Beijões!!!

Márcia disse...

Amiga, amei a idéia do coentro, pra mudra o arroz!!! É que qdo vejo arroz verdinho é com blarghcoles, que eu detesto! Já coentro, adouro!!!
E essa abóbora, hein? Eu q tô numa fase de descoberta do jerimum, gamei de paixão!!!
Beijos!

laila disse...

depois que experimentei aboboras assadas, quase nunca as cozinho, acho o sabor tão mais intenso! e esse teu arroz, nao conhecia, adorei!bjos

Carla Ventura disse...

Aqui em casa (4 adultos), um quilo de arroz dura um mês e pouco. Niguém é muito fã. Mas quando é com carne, feijão ou então verde (só que com brócolis) o arroz vira quase o prato principal. O prato está lindo!

winnie disse...

Adoro carne de panela, no Inverno faço muito.
Beijinhos

lunalestrie disse...

Márcia, como eu disse pra Patrícia, o coentro é uma coisa mais aceita pelos nordestinos, mas pode ser feito com salsa também. Menina, jerimum também é tudo de bom. :)

Laila, eu adorei elas assadas, mas confesso que gosto mais de abóbora cozida, talvez pela textura... :)

Carla, aqui também a gente compra arroz de quilo em quilo, quase não faço, pra tristeza do marido, rs. Mas também comemos muito fora, então...

Winnie, eu adoro carne de panela, mas não faço muito porque detesto usar panela de pressão, acredita? :)

Beijinhos!!!

Cris disse...

Ficou lindo o prato! Aqui eu uso salsinha, não sei se o coentro vai agradar a criançada, mas nunca bati no liquidificador, gostei da dica!!!

lunalestrie disse...

Cris, também uso salsinha às vezes, na verdade tanto faz pra mim, mas entendo que o coentro é assustador pra muita gente, rs. :)