sexta-feira, fevereiro 09, 2007

Pão de Milho

Aproveitando o bagaço que se formou da receita anterior, a Sopa de Milho Verde, fiz esse pão que se revelou bem gostosinho, lembrando vagamente um cuscuz. Queria ter feito um pão com fermento biológico, pra ficar com gosto mesmo de pão, mas estava sem tempo e achei essa receita prática e que casava com o que eu queria fazer. Ultimamente tenho pensado em quanta coisa a gente joga no lixo e pode ser aproveitada, principalmente comida, que eu tenho dó de desperdiçar e jogar fora (nunca faça guerra de comida na minha frente). Fiquei tentada a fazer os bolinhos que a Eliana e a Patricia sugeriram, mas como alguns amigos estavam vindo pra cá não quis perder tempo fritando, era mais prático algo de forno mesmo.

Ingredientes:
2 xícaras de farinha de trigo
3/4 de xícara de queijo ralado
2 e 1/2 xícaras de bagaço de milho*
8 ovos batidos
3/4 de xícara de manteiga
1 colher (sopa) de fermento em pó
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto

Aqueça o forno em temperatura média. Unte uma fôrma de bolo inglês com azeite. Numa tigela grande, misture a farinha, o queijo e o milho. Junte os ovos, a manteiga derretida e o fermento e misture bem. Tempere com sal e pimenta.
Transfira a massa para a forma e leve ao forno por 40 minutos ou até dourar e, ao enfiar um palito de madeira na massa, ele saia limpo. Retire do forno e desenforme. Sirva quente ou em temperatura ambiente.

*4 xícaras de milho verde refogado com bacon e alho, passados no liqüidificador e peneira.

Fonte: Baseado na receita "Pão de Azeitona e Mortadela", do Especial "Só Pães" da Claudia Cozinha.

5 comentários:

Patricia Scarpin disse...

Luna,

Amei o pão - tão amarelinho!!!!

Vc fez bem em optar por assar ao invés de fritar, amiga.

Márcia disse...

Ai que luxo, menina!!!
Ficou tudo ese pão, super convdativo...
Eu nunca pensei nessa de usar o bagaço, mas adorei a idéia, perfeita pros meses juninos, né?
Beijos!

Eliana Scaramal disse...

Luna está lindo esse pão! Eu adorei a receita.

Regina disse...

Que cor linda! E aproveitar é o q há, tbém detesto desperdício! bjs

lunalestrie disse...

Patricia, eu pensei que não fosse dar certo, mas ficou bem legal. :)

Márcia, pois é, acho que dá pra fazer com qualquer receita que sobre bagaço, não é? Bj.

Que bom que gostou, Eliana, olha, dá pra fazer com menos bagaço também, essa receita é uma boa base pra qualquer outro ingrediente. :)

Regina, infelizmente tem certas coisas que temos que jogar fora, mas sempre lamento quando algo estraga e eu não pude usar ou dar pra alguém. Bj.